Evangelização  
A evangelização, ação baseada na ordem de Jesus: “... e sereis minhas testemunhas ... da terra” (At.1.8), é uma tarefa suprema da Igreja, pois é através dessa que o Evangelho, comunicação da palavra de Deus, propaga-se e a Igreja cresce.
ü  Um crescimento de fundamental importância para o Criador, uma vez que Lhe permite salvar, curar e restaurar os pecadores.
ü  No hebraico, o termo evangelizar (bisar) tem os seguintes significados: anunciar, contar, publicar as boas novas de Javé.
ü  No grego, encontramos a palavra “evangelion” que significa boas novas.
ü  É dessa palavra que se deriva o termo evangelizar. Evangelizar, portanto, no Novo Testamento, é a proclamação de notícias novas, impactantes, transformadoras.
Traz significados derivados de três idiomas: o grego, o hebraico e o latim.
ü  No grego, essa palavra, sotéria, tem uma conotação médica e significa cura, recuperação, remédio, livramento, redenção.
ü  No hebraico, esse mesmo termo indica segurança e está ligado à certeza interna de que o homem está salvo, livre de um grande mal.
ü  No latim, dois termos são utilizados para essa palavra: “salvare”, que quer dizer salvar, e “salus”, que significa saúde.
ü  Vários versículos bíblicos mostram a salvação agindo no lado espiritual do homem. São eles:
ü  Romanos (6.23) - “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor”.
ü  João (3.16) - “Porque Deus amou o mundo de uma tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.
ü  A vida eterna, apresentada nesses versículos, não é material, mas operada pelo Espírito Santo no interior (alma e espírito) do pecador arrependido.
O evangelismo é a modificação do homem em todos os sentidos: material, espiritual, emocional e social.  Isso pode ser comprovado em algumas citações bíblicas:
ü  Falar do amor de Deus – João (3.16) afirma: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nEle crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. O amor de Deus é o conteúdo básico para o evangelismo e o motor propulsor da evangelização, pois, é ele que nos impulsiona a evangelizar.
ü  Pregar sobre a salvação - João (3.16), no mesmo versículo citado acima, e Romanos (6.23) trazem a promessa de salvação: “... mas o dom gratuito de Deus é a vida ... eterna”.
ü  Podemos observar, nesses versículos, que é  impossível uma evangelização sem a mensagem de salvação, e a Bíblia está cheia de versículos que comprovam essa verdade.
ü  Proclamar o evangelho – Marcos (16.15) registra: “... ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.”  Essa proclamação  não se limita ao anúncio de salvação, ao contrário,  abrange diversos temas, entre eles o senhorio de Cristo, a vitória sobre o pecado e a fé que leva à salvação.
ü  Testemunhar sobre Cristo – Encontramos em  Atos (1.8) as seguintes palavras de Cristo:  “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”.
ü  Proclamar as grandezas de Deus – A Bíblia revela em 1 Pedro (2.9):  “Mas vós sois a geração eleita... para que anuncieis as grandezas daquele que vos  chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. – Esse versículo mostra a grandeza de Deus para com o mundo.
ü  Isso pode ser confirmado, também, no  livro de Salmo (105.1,2):  “Daí graças ao Senhor... fazei conhecidos os seus feitos entre os povos...  falai de todas as suas maravilhas”.
ü  Anunciar a remissão de pecados – Lucas (24.47) declara:  “se pregará o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações...” 
ü  Observamos nesse versículo que Deus está disposto a perdoar todos os pecados dos homens, basta que eles aceitem a Cristo como Senhor e Salvador, por isso, a remissão de pecados é tema importantíssimo para o evangelismo.
ü  Curar os enfermos, expulsar os demônios - Marcos (16.15-20) revela: “... E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome... porão as mãos sobre os enfermos, e estes serão curados”.
ü  Verificamos, através desses versículos, que é plano de Deus que o evangelismo seja acompanhado de milagres para que a eficácia da pregação seja comprovada.
ü  Explicar textos bíblicos –Atos (8.26-40) registra o seguinte diálogo entre Filipe e o eunuco: “E correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías, e disse: Entendes, porventura, o que estás lendo? Ele respondeu: Pois como poderei entender, se alguém não me ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se sentasse”.
ü  O resultado desse diálogo foi a aceitação de Cristo pelo eunuco. Tal fato exemplifica a importância da explicação da mensagem para o pecador.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Temas para Missões

Frases marcantes de: Oswald Smith

Esboço de Sermão: Josué - Vencendo os Desafios da Vida