VITÓRIA





RUMO A VITÓRIA

Texto: Jó 19:25
Propósito geral: Devocional
Propósito específico: Conduzir o crente a uma avaliação de sua vida cristã.

INTRODUÇÃO
O capítulo 19 do livro de Jó é considerado um marco divisório entre a morte e a vida, entre o desespero e a esperança. O pobre sofredor está em extrema miséria física e moral, com seus amigos pressionando para confessar supostos pecados. Jó se levanta e declara com muita fé que o seu redentor vive.

TRANSIÇÃO: Três fatores importantes na vida do crente.

I - A FÉ
Quando uma pessoa é atingida por algum mal, logo coloca a culpa em Deus. Quando acha que tudo está perdido a fé fica abalada. Aparecem amigos consoladores que aumentam o sofrimento. As pessoas querem se promover a custa do sofrimento dos outros e de supostos pecados. Jó mostra a sua fé apesar do que está sofrendo. Apesar da pressão dos amigos não desanima. Jó diz a seus amigos: “Vocês não tem vergonha de me injuriar?” (v. 2) Se eu errei ou pequei, o erro fica comigo. O que vocês têm com isso? (v. 3) Jó tinha fé e sabia que o seu Redentor viria e que iria parar de sofrer e de ser criticado.

II - A ESPERANÇA
Jó sentia-se cercado por um muro (v. 8), se achava sem saída, todos os caminhos fechados. Para o passado não podia voltar. Todos o haviam abandonado. Para o futuro não tinha para onde ir, pois se considerava um morto vivo. Não havia solução. Até a sua honra havia sido destruída (v. 9).
Jó tinha esperança de que o seu Redentor viria e faria com que ele sobrevivesse e tivesse vida em abundância (Jo 10:10).

III - O TRIUNFO
A vida de Jó não tinha qualquer valor. Mas triunfou. Foi um vencedor. Seu desejo foi atendido. Ele sabia que havia um Deus supremo, julgador imparcial, que iria decidir o seu problema.
Jó afirma:
“Porque eu sei que o meu redentor vive, e por fim se levantará sobre a terra” (v. 25; Sl 46:1). Esta é uma afirmação de fé, de esperança, de triunfo. 
Parece que Jó estava lendo I Tm 2:5, onde Jesus é apresentado como o Único Mediador entre Deus e o homem.


      Jó era um homem fascinante. Teve coragem de colocar, mesmo em palavras duras e profundas, os seus verdadeiros sentimentos.
     Jó tinha consciência de si mesmo e foi capaz de dizer que o seu sofrimento não era por causa direta dos pecados.
     O crente também tem tribulações neste mundo.
Jesus disse que no mundo teríamos tribulações, mas que tivéssemos bom ânimo, porque Ele venceu o mundo (Jo 16:33).
      Que possamos exclamar como Jó:
“Eu sei que meu Redentor vive”.
Jesus, o Senhor é maior do que o maior de nossos problemas.
A fé e a esperança de Jó o levou ao triunfo.
Alegremo-nos na esperança, sejamos pacientes na tribulação e perseveremos na oração (Rm 12:12).
Portanto devemos persistir, insistir, e não desistir em tudo aquilo que nos submetermos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Temas para Missões

Frases marcantes de: Oswald Smith

Esboço de Sermão: Josué - Vencendo os Desafios da Vida