ARTIGO TEOLÓGICO: TIPOLOGIA BÍBLICA





É de grande valor e necessidade, também uma benção, quando podemos penetrar e ultrapassar os limites de nossa mente e espírito, no grande palácio de Deus, e conhecermos um pouco mais de sua ciência e filosofia, bem como, conhecer melhor do sábio construtor, através da da revelação e iluminação do Espírito Santo, como escreveu Paulo em Romanos 11:33-36, consequentemente, isto nos torna capacitados ante as descobertas dos mistèrios do Reino de Deus.

TIPOLOGIA BÍBLICA:



O QUE É TIPOLOGIA?

É o estudo das figuras e símbolos da Bíblia, com os quais Deus procura mostrar, por meio de coisas terrestres as coisas espirituais. Visto a incapacidade da mente humana de compreender as coisas divinas, nos mesmos termos encontramos no Antigo Testamento Deus falando das glórias celestiais através de coisas terrestres, ou sejam, TIPOS, ou o que revelam o ANTI-TIPO.    

Não se pode conhecer o ANTI-TIPO, sem antes conhecer o TIPO.

EXEMPLOS

TIPO: Adão homem carnal / ANTIPO-TIPO: Cristo homem espiritual.
TIPO: Elias no carro de fogo / ANTI-TIPO: O arrebatamento da Igreja.
TIPO: O sacerdote Melquisedeque / ANTI-TIPO: Cristo, o Sumo Sacerdote.
TIPO: Davi rei de Judá / ANTI-TIPO: Cristo o Rei dos Reis.
TIPO: Maná no deserto / ANTI-TIPO: Alimento espiritual.
TIPO: Libertação do Egito / ANTI-TIPO: Libertação do mundo.
TIPO: Marcha no deserto / ANTI-TIPO: Nossa peregrinação na terra.


 Exemplo Bíblico

    ESTUDO TIPOLÓGICO DO TABERNÁCULO


      
                                                 ÊXODO 25 e 27 
                              
                              
Deus mandou Moisés subir no monte Sinai e, lá ordenou-lhe que construí-se um Santuário. Convém lembrar que Moisés ficou 40 dias e 40 noites para receber a planta do Tabernáculo. O Tabernáculo estava dividido internamente por uma cortina que recebeu o nome de VÉU. Esta cortina o fez em dois compartimentos, o primeiro recebeu o nome de Lugar Santo, o segundo compartimento era chamado de Lugar Santíssimo ou Santo dos Santos.
Havia também a parte externa do Tabernáculo e esta parte é conhecida como Pátio ou Átrio.

Para ajudar Moisés na construção do Tabernáculo, Deus escolheu dois homens, Besaleel para trabalhar com madeira, couro, prata, bronze e na lapidação de pedras preciosas e Aoliabe para trabalhar com as cortinas, bordados, com linho e na confecção das roupas do Sumo-Sacerdote e nas coberturas exteriores do Tabernáculo.

Tabernáculo significa lugar de habitação ou seja o lugar onde Deus iria se manifestar aos homens.

NOMES DADOS AO TABERNÁCULO

SANTUÁRIO, Lugar Santo Ex 25:8
HABITAÇÃO, Morada Ex 25:8
TENDA, Lugar Móvel Ex 40:2
CASA DE DEUS, Lugar de Deus Jz 18:31
SANTUÁRIO TERRESTRE, Lugar de cerimônias Heb 9:1   




O TABERNÁCULO COMO TIPO DE CRISTO

É o lugar onde Deus se encontra com o pecador, Ex 25:22
É o lugar onde Deus se revela ao pecador, Ex 29:43
É o lugar onde Deus habita com o pecador, Ex 25:8
É o lugar onde Deus fala com o pecador, Ex 29:45
É o lugar onde Deus recebe o pecador, Lev 1:4
É o lugar onde Deus perdoa o pecador, Lev 4:20
É o lugar onde Deus recebe a oferta do pecador, Ex 23:15

O ÁTRIO Êxodo 27:9-19

Também conhecido como Pátio. Esta área media aproximadamente 50 mts, de comprimento por aproximadamente 25 mts, de largura, contornada por uma cerca de 2,5 mts, de altura com 60 colunas erguidas a cada 2,5 mts. Esta cerca era coberta por cortinas de linho retorcido e com uma única entrada de aproximadamente 10 mts, com 4 colunas erguidas a cada 2,5 mts, e dentro deste espaço se encontrava o Tabernáculo.
  

  O SIGNIFICADO DO ÁTRIO

AS CORTINAS - Essas cortinas eram confeccionadas em linho retorcido simbolizando o Sacrifício de Jesus Cristo no calvário para nos separar do mundo.

A CERCA - Esta cerca tinha aproximadamente 2,5 mts. o que impedia a visão do externa.

AS COLUNAS - Estas colunas eram de metal para sustentação das cortinas simbolizando o juízo de Deus sobre o seu Filho.

OS GANCHOS - As cortinas não podiam firmar-se sem os ganchos. Da mesma forma o cristianismo poderia existir sem a expiação e a redenção feita por Jesus.


A ENTRADA Êxodo 27:16

Havia uma única entrada para o Átrio de 10 mts. onde encontramos 4 colunas. Esta entrada tinha uma cobertura com as seguintes cortinas: Linho retorcido, Estofo azul, Púrpura e Carmezim.

SIGNIFICADO DA ENTRADA

ÙNICA ENTRADA - Jesus Cristo é o único meio de salvação.

10 Metros - Significa entrada ampla para todos, onde não há dificuldades para entrar.

4 Colunas - Simbolizam os 4 Evangelhos.

Linho retorcido - Simboliza o sofrimento de Cristo, Sua perfeição, pureza e santidade.

Estofo Azul - Representa a divindade de Cristo.
Púrpura - Representa o Cristo e sua realeza como soberano Rei e Senhor.
Carmezim - Tipifica o Sangue de Cristo vertido no calvário e sua capacidade para salvar do poder do pecado pois Seu Sangue nos purifica de todo pecado.

O ALTAR DO SACRIFÍCIO Êxodo 27:1-8


Este era o primeiro móvel encontrado logo após a entrada para o Átrio, feito de madeira de acácia revestida de bronze. As suas quatro pontas eram feitas em uma única peça e também recobertas de bronze, seus utensílios para recolher e espalhar as brasas ou seja as pás, as bacias, os garfos, os braseiros e os vasos foram feitos de bronze.
Este móvel tinha 2,5 mts. de comprimento por 2,5 mts. de largura e 1,5 mts. de altura, possuia uma grelha ou rede de bronze com 4 argolas e varais de madeira de acácia revestidas de bronze para poder transporta-lo.

O SIGNIFICADO DO ALTAR DO SACRIFÍCIO

O altar de sacrifício era uma figura da cruz de Cristo, local em que animais eram sacrificados em favor dos homens. Local onde o pecador se aproximava de Deus.

MADEIRA DE ACÁCIA - Simboliza a origem humilde de Cristo, porém resistente.

BRONZE - Material resistente ao fogo, demonstrando que Jesus restituiu a Justiça de Deus.

4 PONTAS DE BRONZE - Representa poder e autoridade. Em Mateus 4:1-8, Jesus vence satanás com autoridade, è também um lugar de refúgio, I Reis 1:50-51.

4 LADOS IGUAIS - Simboliza que no sacrifício de Cristo não há diferenciação.

1º MÓVEL - Para ter um encontro com Deus, primeiro tem-se que passar por Cristo.

UTENSÍLIOS - Serviam para limpar o Altar ou seja melhorar o aspecto do Altar. Manter o fogo aceso espiritualmente

AS BRASAS - É o fogo consumidor, a manifestação de Deus, simbolo do sacrifício queimado e aceito. Lv 9:23-24.

CINZAS - Representa os pecados perdoados e consumidos pelo fogo Espiritual.

O LAVATÓRIO DE BRONZE, Êxodo 30:17-21


Conhecida também como Pia de bronze, era feita de bronze e foi usado espelhos de metal das mulheres, ficava no Átrio, entre o Altar do Sacrifício e o Taabernáculo. Pouco se sabe sobre o seu formato, sabe-se apenas que era uma bacia, colocada sobre um pedestal, também de bronze.
Esta Pia só poderia ser usada pelo Sumo Sacerdote e os Sacerdotes quando entrassem na tenda, ou quando chefassem ao Altar para ministrar, nas ocasiões da consagração deveriam tomar banho completo. Este ato impediria que eles morressem em serviço
Não é especificado uma medida para este móvel, e não há indicações de argolas e varais para transporte e não era coberto durante o transporte.

O SIGNIFICADO DO LAVATÓRIO

ÁGUA - Simboliza a Palavra de Deus que nos purifica de todo pecado.

BANHO COMPLETO - Simboliza a regeneração completa em Cristo. Heb 12:14.

MÃO E PÉS - Representa um trabalho sincero, limpo e um andar de acordo com a Palavra de Deus.

ESPELHOS - Tipifica a revelação de Deus para nós, mostra-nos as falhas e demonstra as virtudes.

SEM MEDIDA - Representa a graça iluminada, fonte da Palavra Inesgotável.

NÃO ERA COBERTA - Simboliza que a Palavra de Deus não é encoberta mas está revelada a todos.

APÓS O ALTAR - A Palavra de Deus só terá sentido quando o homem passar pelo Altar do Sacrifício.

FORA DA TENDA - Para ter acesso ao conhecimento das coisas divinas, tem-se que passar pela lavagem da Palavra de Deus.

A TENDA, Êxodo 26:1-30
   
A TENDA

Era como uma caixa de 15 mts. de comprimento, 5 mts. de largura e 5 mts. de altura. Construída com 48 tábuas de 75 cms. Sendo 20 tábuas em cada lado e 8 nos fundos. Para cada tábua existiam 2 bases de prata, portanto 96 bases foram usadas em todo o Tabernáculo, ainda foram feitos 15 travessas de madeira e um travessão central para fixação das tábuas, tanto as tábuas, as travessas e o travessão eram cobertos de ouro. 
A entrada possuía 5 colunas de madeira de acácia cobertas de ouro com 5 bases de prata e colchetes de ouro para fixação do cortinado de linho fino retorcido, azul, púrpura e carmesim.
10 cortinas de linho fino retorcido, azul, púrpura e carmesim com querubins bordados. Cada cortina tinha 14 mts. de comprimento por 2 mts. de largura, ligadas em um grupo de 5 cortinas através de 50 colchetes de ouro.
11 cortinas de peles de cabras, com 15 mts. de comprimento por 2 mts. de largura, ligadas em grupos de 5 e 6 cortinas através de 50 colchetes de vronze sendo que a 6ª cortina pendia na frente da tenda. 2 cortinados de peles de carneiro e peles de animais marinhos.  

O SIGNIFICADO DA TENDA

LINHO FINO RETORCIDO - Ficava debaixo de todas as outras cortinas ou seja era o teto da tenda, representando a humanidade de Jesus, sua pureza, perfeição e sofrimento.

AZUL - Demonstrava um Cristo celestial, sua pureza divina e a infinitude das bençãos celestiais.

PÚRPURA - Representa a realeza de Cristo e seu Senhorio.

CARMESIM - Tipifica o Sangue de Cristo vertido no calvário e sua capacidade para salvar do poder do pecado pois Seu Sangue nos purifica de todo pecado.

PELE DE CABRAS - Animal utilizado para oferta pelo pecado, simbolizando a morte espiatória de Cristo para a remoção dos pecados.

PELES DE CARNEIROS - Pintada de vermelho representa o cordeiro que foi levado ao matadouro. Não era vista por ninguém.

PELES DE ANIMAIS MARINHOS - Era a peça que ficava exteriormente, cobrindo as demais. Não tinha beleza, era de cor acinzentada e escondia ainda a beleza do Tabernáculo. Is 53:2-3. Era a cortina mais resistente aos intepéries.

CORTINAS - Fala de proteção contra o sol, chuva e tempestades de areia. A proteção divina está relacionada ao poderio dos querubins ( anjos ), nos livra do poder do pecado e da ira futura.

A VISÃO EXTERNA - Do lado de fora do Átrio não era possível ver a parte interior a não ser o lado externo da Tenda. Simbolo da aparência da Igreja.

OS QUERUBINS - Representam a glória do Senhor dentro da Tenda, a visão das coisas espirituais.

OS COLCHETES - Assim como os colchetes uniam as cortinas, fica aqui representado pelo Espírito Santo que Faz a união entre Cristo e a Igreja, também demonstra a união entre os cristãos.  

O LUGAR SANTO

No lugar Santo o acesso era restrito, somente o Sumo Sacerdote e o Sacerdote tinham permissão para entrar, era um lugar de 10 mts. de comprimento, ao lado direito de quem entrava, ficava a mesa da proposição ou dos pães asmos, do lado esquerdo ficava o Castiçal de ouro também conhecido como Candelabro, ao centro e em frente à entrada do lugar Santíssimo ou Santo dos Santos ficava O Altar de Incenso.

O SIGNIFICADO DO LUGAR SANTO

ACESSO RESTRITO - Somente para os que passaram pelo sacrifício de Cristo e lavaram-se no lavatório pela Palavra de Deus.

LOCAL DA MESA - Representa o sustento espiritual.

LOCAL DO CASTIÇAL - Representa a luz do Espírito Santo.

LOCAL DO INCENSÁRIO - Simbolo da adoração simcera, local onde Deus recebe nossas orações.  

A MESA 
ÊXODO 25:23-30
    

Construída em madeira de acácia com 1 mt de com´rimento por 75 cms de altura e 75 cms de largura, toda recoberta com ouro puro, possuía ainda uma moldura lateral na largura de uma mão e uma coroa de ouro em sua volta. Foram fixadas 4 argolas proximas aos pés para a colocoção dos varais de transporte.
Também foram feitos pratos para os pães asmos e as taças de ouro. Os pães eram colocados nos pratos em duas pilhas de 6 pães cada uma.

O SIGNIFICADO DA MESA

A MESA - Tipifica Cristo que sustenta com alimentação espiritual.

MOLDURA - Para evitar que os pães caíssem no chão.

PÃO DA PROPOSIÇÃO - Pão da face ou da presença, o alimento espiritual, ( Eu sou o pão da vida ) é o alimento universal. Não havia outro tipo de alimentação e não podia ser comido fora da tenda. Estes pães eram comidos no dia de sábado o dia do Senhor.

2 PILHAS DE PÃES - Simbolizam a união entre Cristo e a Igreja, também a união entre os irmãos.
     
O CASTIÇAL
Êxodo 25:31-40



O castiçal foi feito de ouro puro e não é mencionado o seu tamanho, somente que pesava em torno de 44 kg, tinha uma base como sutento da coluna central, esta coluna tinha 6 hastes, sendo 3 de cada lado, contendo copos, maçãs e umas flores, em suas extremidades ficavam as lâmpadas em forma de amêndoas.
O sacerdote cuidava para que o castiçal pernanecesse sempre aceso ( Êx 27:20 ), não podia deixar o azeite se acabar, portanto duas vezes ao dia ele provia o óleo e cuidava dos pavios com o espevitador de ouro. Suas hastes eram ocas para permitir que o azeite colocado na coluna central tivesse o mesmo nível em todas as hastes e assim todas as lâmpadas fossem acesas. Este era o único meio de iluminação do lugar Santo.

O SIGNIFICADO DO CASTIÇAL

O CASTIÇAL - Representa a Igreja que brilha nas trevas. Cristo disse "Vós sois a luz do mundo" Mt 5:14.

SEM MEDIDA - A luz gerada não tem limite.

COLUNA CENTRAL - Representa Cristo por onde flui o Espírito Santo.

HASTES LATERAIS - Simbolizam os cristãos ligados a Cristo.

MAÇÃS - Represenyam os frutos gerados através de nossas vidas.

FLORES - Representam os dons espirituais que recebemos para usa-los na hora de Deus.

O AZEITE - Símbolo do Espírito Santo ( Sal 92:10 ), a azeitona era expremida para que produzi-se o azeite. Jesus Cristo passou por este processo para que hoje pudéssemos receber o Espírito Santo.

AS LÂMPADAS - A sua uniformidade representa a união entre todos os membros do corpo de Cristo.

O FOGO - Representa a luz que existe em cada um. Esta luz era igual em todas as hastes.

SEMPRE ACESO - Era da responsabilidade do sacerdote manter o fogo sempre aceso, portanto nós também devemos manter em nossas vidas o Espírito Santo sempre atuante.

PAVIOS - Estavam sempre limpos para produzir um fogo perfeito, sem fumaça ou borrões.

ESPEVITADOR - Símbolo do Espírito Santo que mantém os pavios em condições de estar acesos.

HASTES OCAS - Em hipótese alguma as hastes poderiam ficar obstruídas ou seja o Espírito Santo deve ter livre acesso as nossas vidas.


       http://cleberrenato.olhaki.net/

Comentários

  1. Otima dissertação, que o Senhor nosso Deus continue cumprindo as Suas promessas na sua vida!
    Graça & Paz.

    LOGUS & RHEMA
    www.drcarlosandrade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém meu irmão, obrigado pelo apoio. Um forte abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Temas para Missões

Frases marcantes de: Oswald Smith

Esboço de Sermão: Josué - Vencendo os Desafios da Vida