Pular para o conteúdo principal

MANUAL DE DISCIPULADO CRISTÃO: O TESTEMUNHO DO CRISTÃO




O TESTEMUNHO DO CRISTÃO

Lição 13

O Senhor Jesus procura não programadores religiosos, mas pessoas autênticas, que serão testemunhas reais da Sua graça e poder. Um espírito de religiosidade se infiltrou na Igreja, através de tempos, procurando manchar o bom testemunho daqueles que são cristão autênticos.
No entanto, Deus tem procurado cristãos fiéis para proclamar sua Palavra. Veremos a seguir neste manual de discipulado a nossa responsabilidade com o testemunho cristão.

I – O QUE É TESTEMUNHO?
Testemunhar é declarar algo, fazer um depoimento com autenticidade. Os apóstolos testemunharam (At 2.32), bem como os cristãos também (At 8.4-6). O verdadeiro testemunho é aquele expresso através da vivência em Cristo que reflete o caráter Cristão, através das atitudes e postura daqueles que seguem a Cristo (gestos, palavras, vestimentas, etc.)

II – O QUE DEVEMOS TESTEMUNHAR?
Nossa responsabilidade como cristãos é testemunhar o Evangelho (boas novas). Deus nos concedeu o privilégio de proclamar o Seu amor e a Sua salvação em Cristo Jesus, às nações (Is 52.7; Is 61.1-3; Mc 1.14-15).

III – ONDE E A QUEM DEVEMOS TESTEMUNHAR?

Segundo Atos 1.8 devemos testemunhar:

1.      Em Jerusalém: como indivíduos devemos testemunhar aos nossos familiares, aos nosso colegas , aos nossos vizinhos, onde vivemos (Jo 4.28-30; 41-42);
2.      Em toda a Judéia e Samaria : como cristãos e por meio da Igreja e seus ministérios, devemos levar o Evangelho à nossa nação e nações vizinhas (At 8.4-8 e 12);
3.      Até os confins da terra: a obra evangelizadora dos cristãos e da Igreja deve alcançar todas as nações (Mt 18.19-20).
Deus nãos faz acepção de pessoas, portanto devemos testemunhar à toda criatura, independente de sua condição intelectual, social ou cultural (Mc 16.15; Tg 2.1-4).

IV – COMO DEVEMOS TESTEMUNHAR?

Para que o nosso testemunho seja eficaz devemos testemunhar:
1.      Com palavras (Pe 3.15; Rm 10.13-14);
2.      Com uma vida piedosa (I Pe 2.11-12; 3.1);
3.      Com boas obras (Mt 5.14-16);
4.      Com poder (II Tm 1.7; At 4.33);
5.      Com longanimidade (II Tm 4.3);
6.      Com cobertura de oração (Ef 6.18-19; I Tm 2.1-4);
7.      Com amor (Jo 3.16).
Foi por amor que Deus enviou seu Filho ao mundo para nos salvar. Devemos orar para que Deus derrame em nossos corações este amor infinito. Desta forma seremos tomados por uma compaixão imensa, que nos impulsionará a evangelizar os que se perdem.

V – QUAIS OS IMPEDIMENTOS QUE SURGEM PARA NÃO TESTEMUNHARMOS?

O inimigo tentará nos impedir de testemunhar de várias formas. Veremos a seguir alguns destes impedimentos:
1.      Vergonha do Evangelho (Rm 1.16-17; Mt 10.32-33);
2.      Timidez ou medo (Jo 9.22);
3.      Discriminação ou falta de amor ao pecador (I Co 9.16);
4.      Resistência espiritual (Ef 6.12);
5.      Escândalos (Mt 18.6,7).

VI – COMO FALAR DE JESUS AOS NOSSOS COLEGAS?

Existem várias formas de anunciar a Palavra. Por isto devemos ser sensíveis ao Espírito santo. No entanto, gostaríamos de dar algumas sugestões práticas para quando você estiver pregando a um indivíduo ou a multidões:
1.      Fale do amor de Deus (Rm 5.8);
2.      Mostre que o pecado separa o homem de Deus (Is 59. 1,2);
3.      Fale da obra redentora de Cristo (Jo 3.17; 1.12-13; II Co 5.18-21);
4.      Explique que temos que tomar uma decisão pessoal (Ap 3.20);
Caso a pessoa concorde, faça uma oração com ela, levando-a a uma entrega pessoal de sua vida a Jesus. Esta oração pode ser da seguinte forma:

“Senhor Jesus, peço que perdoe todos os meus pecados. Eu me arrependo e declaro que quero viver para ti. Eu o recebo como meu Senhor e Salvador e entrego minha vida em tuas mãos. Hoje e sempre quero estar ao seu lado servindo-o e adorando-o, por isso recebo a libertação agora de todo poder maligno, em teu Santo nome, amém!”...

Orienta-o a freqüentar a Igreja (Hb 10.25; Mt 18.19,20). Quando entregamos nossa vida à  Jesus, nos tornamos membros da família de Deus, devemos então congregar-nos com nossos irmãos em Cristo.
Ao anunciar a Palavra, evite discussões (Tt 3.9-11). Lembre-se: quem convence as pessoas é o Espírito Santo.
O testemunho cristão é como o exercício: quanto antes e quanto mais praticamos maior facilidade teremos. Portanto comece agora mesmo!

Memorize: “Volta para casa e conta quão grandes coisas Deus fez por ti. E ele se foi, apregoando por toda a cidade quão grandes coisas Jesus lhe tinha feito” (Lc 8.39).


Por: Cleber Renato

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Temas para Missões

Temas de Missões:

“... a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome...” 
II Cr 6.33


“Portanto, meus amados, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” 
I Co 15. 58


“Antes santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós”. 
I Pe 3. 15


“...para que todos os reinos da terra saibam que só tu és o Senhor.” 
Is 37.20


“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”
 I Pe 2. 9


“...orai por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada...” II Ts 3.1


“O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos”
Isaías 61:1

“Ó terra, t…

ESBOÇO DE MENSAGEM CULTO DE AÇÃO DE GRAÇAS – FORMANDOS EM ENGENHARIA CIVIL

Texto: I Cr 28.20 “Disse Davi a Salomão, seu filho: Sê forte e, corajosamente, (esforça-te e tem de bom animo) mete mãos à obra! Não temas nada e não te amedrontes; pois o Senhor Deus, meu Deus, estará contigo; ele não te desamparará, nem te abandonará até que tenhas acabado tudo o que se deve fazer para o serviço do templo.”
Personagem central: Salomão (O Homem mais sábio que já existiu nos tempos bíblicos – Autor de 3 mil provérbios e mil e cinco cânticos)
Desafio: Construir – Executar – Edificar Grande Templo o Palácio que o seu pai Davi tinha arquitetado por Deus
“A NOSSA VIDA É CONSTRUÍDA ATRAVÉS DE NOSSAS ESCOLHAS. CADA ESCOLHA QUE FAZEMOS RESULTARÁ EM CONSEQUÊNCIAS BOAS OU RUIM”
Três aspectos básicos para construção da nossa vida que resultará em consequências boas: - Fundação - Elemento Estrutural vertical Pilares ou Colunas - Cobertura ou Telhado
1-CONFIAR NO SENHOR: “Confia ao Senhor a tua sorte, espera nele, e ele agirá.” (Sl 36.5) ou (Sl 37.5)
2-HUMILDADE:
“Vindo o orgulho(ou so…

Esboço de Sermão: Josué - Vencendo os Desafios da Vida

TEMA: Josué - Vencendo os Desafios da Vida


TEXTO: E chamou Moisés a Josué, e lhe disse aos olhos de todo o Israel: Esforça-te e anima-te (seja corajoso), porque com este povo entrarás na terra que o Senhor jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la. O Senhor pois é aquele que vai diante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará. Não temas, nem te espantes. Dt 31. 7,8.
INTRODUÇÃO: O livro de Deuteronômio é o livro dos registros das Leis do Senhor de forma resumida, contido no Pentateuco  Judaico, que  significa ensino e instrução, cuja a autoria desta obra é concedido a Moisés. Nos últimos capítulos de Deuteronômio, está registrado evidentemente as últimas instruções de Deus ao Seu povo (Israel – propriedade peculiar do Senhor), antes de possuírem a terra prometida,  e aqui no capítulo 31, analisamos de forma clara e objetiva o Grande Desafio que o Senhor concede a Josué filho de Num, o sucessor de Moisés. Moisés estava no final de sua carreira, aguardando sua par…